Precisando de
Home Care?

ou ligue para:
11 4127-3849

Anote Tudo Sobre o Idoso Dependente!

O Brasil tem aproximadamente 22 milhões de pessoas idosas. Desses 22 milhões de idosos, pelo menos 3 milhões são muito dependentes de suas famílias, de cuidadores ou moram em casas de repouso ou asilos.

Cuidar de idosos dependentes não é um tarefa fácil, principalmente se o idoso apresentar doenças neurológicas, como Parkinson, Alzheimer ou AVC. Além da dependência extrema que podem apresentar, é comum perceber alterações de comportamento (insônia, agitação e alucinações) que estressam muito a quem cuida.

Muitos medicamentos, muitos exames, muitos médicos, rotina cansativa do familiar e do cuidador: acordar, higiene pessoal, trocar a frada, banho, medicação de jejum, café da manhã, medicamentos da manhã, levar para tomar sol, almoço, medicamentos da tarde, repousar depois do almoço,trocar a fralda, médico do dia, jantar, medicamentos da noite, acompanhar na televisão, medicamentos para dormir, trocar fralda para dormir, leite e biscoitos, colocar na cama… implorar para dormir (o remédio custa a fazer efeito…)

Uma boa dica para as famílias, para as cuidadoras e para as ILPIs é iniciar o costume, o hábito de anotar as principais rotinas de trabalho com o idoso: os medicamentos tomados, se urinou, se evacuou, se teve algum problema de saúde, anotar as orientações dos médicos e de outros profissionais de saúde (enfermeira, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição), enfim, ter um diário organizado e preenchido de maneira correta e cotidiana.

Quem já faz isto sabem como ajuda no cuidado dom o idoso dependente. Não podemos confiar 100% em nossa memória, estamos estressados e cansados com a rotina e com o trabalho de cuidar do idoso. Muitas informações que poderiam ser extremamente úteis para nós mesmos e para os médicos, se perdem no dia-a-dia da difícil tarefa de cuidar.

Portanto, anotem tudo sobre o idoso dependente. Não precisa ter riqueza de detalhes. Anotações simples, de forma simples, mas com ordem cronológica, com datas certas, com informações precisas:
– Como o idoso passou a parte do dia… Como o idoso passou a parte da noite…
– Urinou… Evacuou…
– Medicamentos da manhã… Medicamentos da tarde…. Medicamentos da noite…
– Quais foram as orientações dos médicos, dos outros profissionais de saúde, da própria família (para as cuidadoras)…

Repetimos sempre: o melhor remédio para um idoso dependente é uma família orientada e ciente de seu trabalho e de sua missão.

Anotem tudo!

Fonte:SiteCuidardeIdosos

Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário

Atendemos toda em as cidades do ABC. Cuidamos de idosos em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra!