Precisando de
Home Care?

ou ligue para:
11 2534-9913

População brasileira sofre com diabetes tipo II
Crédito da Foto: Tia Beth

Crédito da Foto: Tia Beth

Saiba quais são os sintomas e os fatores de risco da doença

O diabetes é uma doença comum e que já atinge mais de 10 milhões de brasileiros segundo dados do Organização Mundial da Saúde (OMS). Causada pela falta de insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas, o diabetes tem dois tipos mais conhecidos: tipo I (que surge com maior frequência em crianças e adolescentes) e tipo II (que se manifesta, na maioria dos casos, em pessoas acima dos 40 anos).

A doença provoca o aumento da concentração de glicose no sangue e a falta de insulina produzida pelo pâncreas interfere na queima do açúcar, isso dificulta a transformação da glicose em outras substâncias como proteínas, músculos, gorduras, etc.

Os sintomas do diabetes se resumem a: aumento do apetite, impotência sexual, infecções causado por fungos na pele e nas unhas, aumento do volume da urina, sede excessiva, feridas (especialmente em pernas e pés que demoram a cicatrizar), visão borrada, perda de peso, fadiga, fraqueza, tonturas e distúrbios cardíacos e renais.

O cuidador de idosos da Friends Care, Pedro Alexandre de Oliveira Lourenço, afirma que há alguns fatores de risco que devem ser observados para que uma pessoa saudável não se torne um pré-diabético. “A obesidade está intimamente relacionada ao diabetes e quem está acima do peso precisa prestar muita atenção no controle ao consumo de carboidratos e gorduras, praticar exercícios e perder peso”, recomenda. Outros fatores de risco são: hereditariedade, hipertensão, níveis altos de colesterol e triglicérides, além de medicamentos (como os à base de cortisona) e estresse emocional.

Para a doença ser controlada é necessário ter um acompanhamento médico especializado, seguir uma dieta alimentar própria para o diabético e realizar atividades físicas que ajudam a controlar o nível de açúcar no sangue e não fumar. Além disso, o controle da pressão arterial e dos níveis de colesterol e triglicérides deve ser feito com regularidade.

Novidade

Uma nova tecnologia pode transformar para sempre a vida dos diabéticos no futuro. Este mês, o Google e a empresa da área da saúde Novartis realizaram uma parceria para desenvolver lentes de contato para quem sofre deste mal. O protótipo mede o nível de glicose a partir da lágrima e envia uma mensagem para o celular do usuário, o que faria com que o diabético não precisasse mais realizar exames de sangue para controlar o açúcar no sangue. No entanto, ainda não há data definida para o lançamento do produto.

Autora: Deise Cavignato

Tags:, , , , , , , , Inclusão digital para idosos muda velhos hábitos
Fonte da Foto: LBV

Fonte da Foto: LBV

Terceira idade se atualiza por meio da internet e se relaciona por redes sociais

A inclusão digital é um direito de todos os cidadãos, inclusive dos idosos. Pensando nisso, muitos centros de tecnologia estão realizando oficinas para ensinar a terceira idade a utilizar o computador. Os instrutores ensinam a mexer em ferramentas básicas e principalmente a usar internet com foco em redes sociais.

O intuito não é incluí-los no mercado de trabalho, mas sim promover atividades diferentes que entretenham esse público. Desta forma, o idoso aumenta a sua rede de relacionamentos e não se sente abandonado, podendo inclusive sair da depressão.

“Essas iniciativas sempre tem grande demanda de inscrições e mostram que o idoso pode e quer sempre aprender mais. A capacidade de realizar coisas diferentes mostram que a terceira idade está predisposta a sair da zona de conforto para ser mais ativa e se sentir mais atualizada”, informou o cuidador de idosos da Friends Care, Pedro Alexandre de Oliveira Lourenço.

Os velhos costumes estão mudando junto a esta nova capacitação. Em cursos de inclusão digital, os idosos utilizam bem mais do que redes sociais, muitos deles gostam de ouvir músicas e assistir a clipes no You Tube ou ler notícias eletrônicas ao invés de comprar jornal impresso na banca.

“Aos poucos, os idosos veem que muitas coisas que eles sabiam fazer de forma manual está se transformando em digital, isso pode assustar no início, mas ao final eles percebem que todos os processos tecnológicos facilitam o trabalho humano”, disse o empresário da Fredix, empresa do ramo de informática, Fredy Cavignato.

Alguns cursos, quando feitos em parceria com prefeituras, são gratuitos e podem ter duração diferenciada, dependendo de qual é o foco de ensino.

Autora: Deise Cavignato

Tags:, , , , , , Dia dos Avós: Comemoração imprescindível
Crédito da Imagem: 50 e mais

Crédito da Imagem: 50 e mais

Dia 26 de julho foi escolhido por ser o dia dos santos Joaquim e Ana, avós de Jesus Cristo

Os avós são conhecidos por mimar os netos com comidas caseiras e bolos quentinhos que cheiram até na esquina da casa. Como não gostar desses queridos velhinhos que contam histórias, ensinam músicas antigas e dão toda a atenção para seus netinhos? Eles também merecem ter um dia só deles e a data escolhida é dia 26 de julho, o Dia dos Avós.

A data comemorativa foi eleita porque é celebrado o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo. Diz a história que Ana era estéril e que mesmo sendo idosa pedia a Deus uma criança, foi quando descobriu que estava grávida e deu à luz a Maria. Atualmente Santa Ana é considerada a avó mais famosa do mundo cristão, bem como São Joaquim.

Após essa breve explicação, o motivo para comemorar essa data é muito mais significativo. Com certeza o amor dos avós que cresce a cada ano pelos seus descendentes demonstra que é necessário dar valor aos idosos. A longa experiência de vida serve como exemplo para as linhagens futuras e confirma que os vovôs e as vovós se dedicaram e continuam se empenhando ao máximo para dar o melhor aos seus filhos e netos, pois não é raro ver a evolução das famílias ao longo dos anos, sempre em situações melhores que a da geração anterior.

No dia 26 de julho faça mais pelos seus entes queridos. Esteja presente, dê um abraço apertado, leve-os para passear no parque ou saia para almoçar. Flores também são bem-vindas para mostrar seu carinho e afeição. Caso morem longe, ligue, mas não deixe passar em branco essa data tão importante.

O respeito é sem dúvida o melhor presente para qualquer pessoa, então se eles quiserem relatar sobre seus problemas ou falar dos remédios que tomam todos os dias ou contar histórias que pareçam ser chatas e repetidas vezes, tudo bem, escute-os. Pense que você também será assim e que gostaria de ser ouvido todas as vezes que quiser se queixar.

Feliz Dia dos Avós!

Autora: Deise Cavignato

Tags:, , , , , , , Catarata: enxergando o problema de perto
Fonte da Imagem: Portal Naynneto.

Fonte da Imagem: Portal Naynneto.

A lesão ocular em adultos se desenvolve lentamente e é indolor

Muitas pessoas sabem que só de olhar nos olhos de alguém é possível saber se sofre de catarata, porém, o estágio inicial desta lesão ocular pode passar despercebido aos olhares atentos dos familiares. Geralmente os sintomas relatados pelos que sofrem deste mal se resumem a visão dupla, sensibilidade à claridade, visão difusa nebulosa e dificuldade de enxergar à noite. Além disso, há alguns casos da perda de intensidade das cores e enxergar halos ao redor das luzes.

Para entender mais sobre a catarata, uma das doenças que mais tem fila de espera para cirurgia no SUS (Sistema Único de Saúde), elencamos aqui algumas informações importantes:

A catarata atinge o cristalino, lente situada atrás da íris, e compromete consideravelmente a visão. Essa alteração ocular tem maior incidência em idosos e também pode ser causada por diabetes, uso contínuo de colírios que contêm corticóides, exposição à radiação, inflamações oculares e batidas fortes na região dos olhos.

A catarata em adultos se desenvolve lentamente e é indolor, portanto, para descobrir se você ou alguém que você conhece desenvolveu esta lesão ocular, a recomendação é realizar um exame oftalmológico padrão e um exame com lâmpada de fenda que diagnostica a doença em estágio inicial e avançado.

O único tratamento para a catarata é a cirurgia que é realizada com anestesia local. “Antigamente o paciente precisava ficar internado por alguns dias num local escuro para que a recuperação surtisse efeito, porém, hoje em dia o paciente pode retornar no mesmo dia para casa e volta a enxergar em no máximo duas semanas”, afirma o cuidador de idosos da Friends Care, Pedro Alexandre de Oliveira Lourenço.

A catarata pode ser congênita, surgindo inclusive em crianças por ser hereditário ou por sofrer uma infecção durante a gestação, no entanto, a doença pode ser adquirida com o tempo, como é o caso dos idosos.

Para evitar o desenvolvimento da catarata é necessária a utilização de óculos escuros que filtram os raios UV e não ser fumante.

Autora: Deise Cavignato

Tags:, , , , , , O Poder da Música

A música tem o poder de mudar o ambiente. Isso todos nós sabemos. Às vezes, quando estamos com um grupo e queremos tornar o encontro mais alegre, é pedido: “Coloca uma música!”, ou então, quando queremos relaxar, já procuramos alguma música de algum cantor preferido para nos acompanhar.

Baseado nessas constatações da nossa vida cotidiana, o OPA Portal investigou mais a fundo o poder da música e trouxe para vocês algumas pesquisas e opiniões de especialistas.

benefícios-música-opa-22

Além de ouvir uma boa música, também podemos ter vários benefícios em nossa vida se passamos a tocar algum tipo de instrumento musical. Essa prática pode ajudar a proteger o cérebro e a diminuir os riscos de depressão ou problemas mentais, revela novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de St. Andrews.

Eles revelaram que os músicos têm mentes mais nítidas e são capazes de corrigir os erros com mais rapidez. Esse grupo também consegue responder a perguntas com certa agilidade do que aqueles que não têm nenhuma formação musical.

Em entrevista com Hector Costita, saxofonista aos 70 anos de idade, ele falou para o OPA Portal como percebe a música: “A música é mágica. Ela mexe com a alma. Quando você está tocando para um grupo que existe empatia, a coisa flui de maneira agradável. Às vezes, a gente viaja para outro mundo. Isso é mágico, é vida! Tocar é vida! Quando você faz música com amor, você chega no público. Eles sendo felizes com a música que tocamos, nós somos felizes também”.

Redatora: Tássia Chiarelli.
Tássia Monique Chiarelli é Gerontóloga pela USP, e sócia-diretora da OPA.

Revisor: Claudelino Gregório Priviero Brito
Claudelino Gregório Priviero Brito é formado em Letras Vernáculas pela USP e em Pedagogia pela Faculdade Carlos Pasquale

.Fontes de informação: G1 e R7.

Fonte: http://opaportal.com.br/site/fiquesabendo/o-poder-da-musica/

Tags:, , , , , , Quedas são recorrentes, mas podem ser evitadas
Fonte da Imagem: IFronteira.

Fonte da Imagem: IFronteira.

Os lares oferecem pequenas armadilhas aos idosos

As quedas entre os idosos são recorrentes, apesar de serem facilmente evitadas. Tapetes, escadas, fios soltos e falta de luminosidade são possíveis armadilhas para quem já tem mais idade. Além disso, a principal causa para as quedas é a diminuição de massa magra e perda de qualidade e quantidade de fibras musculares. Esse problema só reforça os dados do Ministério da Saúde que diz que cerca de 30% das pessoas com mais 65 anos sofrem acidentes ao menos uma vez por ano.

Para o cuidador de idosos da Friends Care, Pedro Alexandre de Oliveira Lourenço, devesse realizar exames regularmente para ver como está a qualidade óssea, alterações de equilíbrio, a percepção dos reflexos que ficam mais lentos ao passar dos anos e as alterações de visão e audição. “No caso dos idosos, o perigo é ainda mais presente porque se ele tiver outro problema de saúde pode ser um agravante como, por exemplo,  a osteoporose, que enfraquece os ossos, a labirintite, que prejudica o equilíbrio, o Parkinson, que afeta os movimentos, e o Alzheimer, que diminui o senso de localização”, explicou Lourenço.

Para evitar a queda é necessário se prevenir antes mesmo que os ossos sofram qualquer impacto e para isso, o melhor a se fazer é praticar atividades esportivas e manter uma alimentação saudável.

Outras dicas podem ser essenciais para controlar o ambiente de dentro de casa: evite o uso de tapetes ou mantenha-os fixos, no chuveiro, use tapete de borracha antiderrapante e barra de apoio. Se necessário, assento fixo ou cadeira de plástico firme. Além disso, barras horizontais junto à bacia sanitária, na lateral e ao fundo, ajudam no apoio.

Não coloque objetos nos corredores e deixe-os bem iluminados. As escadas devem ter corrimão em ambos os lados e degraus com tiras antiderrapantes. Já nos quartos, evite camas baixas ou altas demais e procure mantê-las fixas a uma cabeceira.

Autora: Jornalista Deise Cavignato

Tags:, , , , , ,
Atendemos toda em as cidades do ABC. Cuidamos de idosos em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra!